ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent
loader

Retinopatia Diabética

  • Home
  • Retinopatia Diabética
image

Retinopatia Diabética

A retina é a zona do olho responsável pela formação das imagens enviadas ao cérebro.

  • A Diabetes Mellitus, seja do tipo 1 ou tipo 2, é uma doença metabólica, associada a níveis elevados de açúcar no sangue.
  • Os doentes com diabetes apresentam uma probabilidade acrescida de ter ou de vir a desenvolver Retinopatia Diabética.

 

 

 

Retinopatia Diabética (RD):  O olho é um dos principais órgãos afetados pela diabetes e a Retinopatia Diabética uma complicação vascular associada, em que pequenos vasos sanguíneos na retina se deterioram. Com o passar do tempo e o evoluir da doença, geram-se alterações estruturais nos vasos sanguíneos da retina, tornando-os incontinentes, permitindo fuga de fluido sanguíneo, (sangue e água) para a retina ou mácula (Edema Macular Diabético), afetando a circulação sanguínea na retina, podendo provocar perca de visão e cegueira.

 

A Retinopatia Diabética é conhecida como a principal causa de cegueira em adultos entre 20 e 70 anos.

 

A prevenção e o diagnóstico precoce desta patologia são fundamentais para que o seu oftalmologista, através dos meios atualmente disponíveis, possa tentar inverter ou parar a sua progressão.

 

 

 

Podemos classificar a RD em 3tipos diferentes

logo

Não proliferativa

Ligeira

logo

Pré-proliferativa

moderada ou grave

logo

Proliferativa

o tipo mais grave

 

 

 

 

Epidemiologia da Diabetes Mellitus

 

14 de novembro 2019, dia Mundial do Diabetes, a International Diabetes Federation divulgou os números que revelam um crescimento alarmante na prevalência de diabetes, com referência à existência de 463 milhões de adultos com diabetes em todo o mundo.

Em Portugal a “diabetes” afeta mais de 1 milhão de pessoas em idade ativa e está em constante e acentuado crescimento, estando a prevalência da retinopatia diabética diretamente relacionada com prevalência da diabetes.

Os diabéticos pela doença que têm revelam uma probabilidade de cegar quando comparados ao resto da população.

O grupo RETINODIAB (Associação Protetora dos Diabéticos) com base na análise do programa de rastreio implementado na região de Lisboa e Vale do Tejo aponta para uma prevalência da RD entre os diabéticos de 16,3% e entre eles, 971 doentes tinham RD Proliferativa

 

 

PEDIDO DE INFORMAÇÕES